Home » UFC » Ronda Rousey x Cris Cyborg: brasileira assina contrato com UFC e fica perto de pegar americana

Ronda Rousey x Cris Cyborg: brasileira assina contrato com UFC e fica perto de pegar americana

Ronda-Rousey-Bethe-ufc-190-vivo

A tão aguardada luta entre as principais estrelas do MMA feminino ganha um capitulo, e é animador. As negociações para a luta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg, esperada há tempos por fãs de MMA do mundo todo, deram um passo importante para enfim serem concluídas de forma bem sucedida.

A lutadora brasileira assinou contrato com a Zuffa, empresa proprietária do UFC, e poderá estrear em breve na maior organização de MMA do mundo.

Porém, a Zuffa recomendará que a brasileira trabalhe com o nutricionista George Lockhart para poder descer para os galos (até 61 kg), a divisão de Rousey. Quando a empresa considerar que Cyborg poderá baixar para a nova categoria, ela passaria a fazer parte do plantel do UFC – até porque a divisão dos penas, na qual a brasileira compete regularmente, não existe no Ultimate.

A revelação da assinatura do contrato foi feita pela própria lutadora em depoimento enviado ao site norte-americano “MMA Junkie” cujo alvo era Ronda Rousey. “Lorenzo [Fertitta, sócio da Zuffa] me contratou, e eu vou atrás de você. Mas aí você vai se aposentar para fazer filmes ou descer de peso, assim como você fugiu de uma luta comigo entre os galos. Você nunca vai ser a melhor até que você lute com a melhor. Apareça! É preciso de duas lutadoras para haver uma luta. Não tenha medo. É vergonhoso o fato de que você subiria de peso para enfrentar Gina [Carano] ou Laila [Ali], mas não para lutar comigo. Você pode ter 99 desculpas para não lutar comigo, mas eu não estar no UFC não é uma”, afirmou.

Ronda Rousey já tem sua próxima luta oficializada pelo UFC, e será contra outra brasileira: a campeã enfrenta Bethe Correia no UFC 190, no Rio de Janeiro (RJ), no dia 1º de agosto.

UFC 190 terá duelos de mulheres na luta principal

A luta foi anunciada em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, com presença do presidente do UFC, Dana White, e das duas lutadoras. A norte-americana chegou ao local sorridente, cumprimentando os fãs em português e acabou tendo uma recepção positiva da torcida, ao contrário do que costuma acontecer com lutadores estrangeiros que enfrentam brasileiros.

“Essa luta é algo pessoal. Prometo aos brasileiros que ensinarei disciplina a essa garota. Ela provocou minhas amigas, que são como a minha família. Então, se você f*** com elas, você está f*****”, disse a campeã. “Minhas melhores performances [nos tempos de judô] foram no Brasil. É um prazer estar aqui, seja no papel de vilã ou não. Não quero somente vencê-la, mas envergonhá-la. E, para fazer isso, quero derrotá-la em seu próprio quintal de casa”, provocou.

A lutadora de MMA Ronda Rousey nua na ESPN Magazine

Ronda Rousey campeã do UFC pratica sexo antes de cada luta

A brasileira não baixou o tom e garantiu que conquistará o título. “É meu sonho sendo realizado e vai ser o de vocês também. A primeira brasileira a ser campeã em casa. Eu observo não só a Ronda, mas suas adversárias também, e percebo os seus erros. Ela vai sentir minha mão e vou dar o cinturão a vocês”, comentou Bethe, aplaudida. “Quero dar um presente a ela, que vai descobrir o que é um soco pesado na cara. Depois disso, é lona”, disse a desafiante.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>